A POLTICA DE FORMAO PROFISSIONAL DO SINDICATO DOS BANCRIOS DE CURITIBA EM FACE DA REESTRUTURAO CAPITALISTA
Elza Maria Campos

Resumo

Esta dissertao tem por objeto de estudo o Programa de Formao Profissional desenvolvido pelo Sindicato dos Bancrios de Curitiba no contexto das mudanas operadas no capitalismo contemporneo, em que se destaca a predominncia do capital financeiro sobre o industrial. Procura descrever as significativas modificaes que levaram a um novo regime de acumulao capitalista, componentes do quadro da chamada era da mundializao e suas repercusses no trabalho bancrio. A primeira interrogao : essas importantes transformaes, ocorridas ao longo das trs ltimas dcadas, foram os fatores determinantes que induziram o Sindicato a elaborar um programa cuja manifesta inteno a de possibilitar a reincorporao dos bancrios ao mundo do trabalho, ou, ainda, de conferir aos que esto empregados condies de escaparem demisso (conforme est enunciado nos objetivos do projeto do Sindicato)? O Sindicato estudado realizou um programa de qualificao e requalificao profissional nos anos de 1996 e 1997, entre empregados e desempregados, que teve a participao de 1524 trabalhadores. O trabalho de pesquisa consiste em um estudo de caso no Sindicato dos Bancrios de Curitiba. Os dados coletados procederam de dois tipos de fontes: anlise de documentos do Sindicato e entrevistas com dirigentes sindicais e trabalhadores selecionados a partir de um conjunto de critrios pr-estabelecidos. Neste contexto, a pesquisa teve como objetivos: (1)estudar as prticas educativas desenvolvidas pelo Sindicato no perodo de 1996 a 1998 como contraposio ao desemprego e (2)examinar o perodo compreendido entre 1994 e 1998 do ponto de vista das mudanas no mundo do trabalho, como suporte de anlise do projeto elaborado por essa entidade. A anlise dos dados da pesquisa revela que o crescente desemprego e a extino de numerosos postos de trabalho, evidenciadas principalmente no perodo do estudo, apresentaram-se como elementos relevantes sugerindo a realizao do programa de qualificao e requalificao. No entanto, as transformaes globais no regime de acumulao capitalista contriburam para que o Sindicato adotasse uma poltica de formao profissional pragmtica, identificada com o iderio majoritariamente vigente na Central nica dos Trabalhadores.

Palavras-chave: Reestruturao produtiva; desemprego; sindicato; formao profissional.


Texto Completo: PDF
Revista Eletrnica Teses e Dissertaes Unibrasil