A ECONOMIA BRASILEIRA NO PERODO 1968-1999: CICLOS DE ENDIVIDAMENTO E CRESCIMENTO COM RESTRIO NO BALANO DE PAGAMENTOS
Thaiza Regina Bahry

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar os ciclos de endividamento da economia brasileira aps fins dos anos de 1960 luz da hiptese da instabilidade financeira de Minsky e de suas adaptaes para a economia aberta e luz dos modelos de crescimento com restrio no balano de pagamentos. Para tanto, realiza-se uma retrospectiva histrica desde o ano de 1968, momento em que se iniciou o primeiro grande impulso da dvida externa do pas, at 1999. Em particular, no incio dos anos 80 e no final dos anos 90 que a fragilidade financeira da economia torna-se evidente, levando o pas a graves crises. A anlise aqui apresentada trabalha com uma hiptese bsica, isto , a de que os ciclos de endividamento da economia brasileira no perodo que engloba os anos de 1968 a 1999 podem ser explicados atravs da teoria minskyana de endividamento, num contexto de crescimento com restrio do balano de pagamentos. Desenvolve-se, tambm, um modelo formal com o objetivo de explicar a fragilidade financeira que acomete a economia brasileira nos anos 90 e a sua influncia sobre a taxa de crescimento econmico. O modelo mostra que a economia tende a se deslocar endogenamente na direo de um equilbrio com elevadas taxas de juros e finanas Ponzi, insustentvel no longo prazo.


Texto Completo: PDF
Revista Eletrnica Teses e Dissertaes Unibrasil